Sindicarga denuncia roubo de celulares avaliados em US$ 1 milhão no Aeroporto do Galeão

O assalto ocorreu no último domingo (15), mas só foi divulgado hoje. De acordo com Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Logística do Rio de Janeiro (Sindicarga), os assaltantes rumaram para a Favela Nova Holanda, no Complexo da Maré, na zona norte, localizada próxima do aeroporto.
A transportadora dos celulares, que já sabia da onda de roubo de cargas no Rio de Janeiro, colocou rastreadores em alguns aparelhos, que indicaram que a carga foi levada para a favela.As informações sobre o assalto foram confirmadas pelo diretor de Segurança do Sindicarga, coronel Venâncio Moura, que disse que essa mesma quadrilha já tinha agido da mesma forma, uma semana antes, também no setor de cargas do Galeão, quando roubaram uma carga de iphones da Apple, avaliada em R$ 2 milhões.Em declarações à TV Globo, o diretor de Segurança do Sindicarga disse que a Polícia Militar foi avisada da localização da carga roubada mas que nada fez.

Segundo o Sindicarga, o grupo entrou pelo portão principal do setor, rendeu os funcionários e após o roubo saiu tranquilamente do local. De acordo com o diretor de Segurança do sindicato, em apenas uma semana o prejuízo é superior a R$ 5 milhões com os dois roubos.

O roubo é investigado pela Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC). Em nota, o consórcio RIOgaleão, que administra o aeroporto, informou que “está à disposição para apoiar as investigações”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *