Remanejamento de delegados é tema de pronunciamento na Câmara de João Pessoa

Para o vereador Humberto Pontes (Avante), procedimento realizado esta semana é recorrente em qualquer gestão

“Remanejamento de servidor é um procedimento natural na Segurança Pública”, afirmou o vereador Humberto Pontes (Avante), que usou a tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), na sessão desta quinta-feira (1º). Para ele, não há motivo de espanto para os remanejamentos publicados no Diário Oficial desta quarta-feira (31).

O vereador explicou que o remanejamento dos delegados não vai comprometer as atividades realizadas e que dizer o contrário é “desrespeitar os demais delegados em substituição”. Segundo Humberto Pontes, o procedimento já acontece há anos e nunca foi questionado.

Aparte

Para Eduardo Carneiro (PRTB), não houve um remanejamento, mas, sim, um rebaixamento de funções. Ele também associou as mudanças feitas à menção do governador Ricardo Coutinho (PSB) em uma investigação sobre esquema de manipulação de resultados e pagamento de propina no futebol paraibano.

Thiago Lucena (PMN), Milanez Neto (PTB) e Carlão (DC) também fizeram essa associação e acharam o remanejamento atípico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *